sexta-feira, fevereiro 23

O “esquenta” no Villa Rossa, Eduardo Berger

0
390

No FDS de  14 a 16 de setembro (2018), programamos um “esquenta” em São Roque, no Villa Rossa, o hotel provável de nossa hospedagem no ano que vem quando de nosso JUBILEU.

Lá estivemos, apenas, em dois casais: Telma/Wolfgang e Patrícia/Berger, numa agradável estada apesar do tempo cinzento. Éramos um grupo pouco numeroso, é verdade, mas os papos sem fim e o fraterno convívio foi gratificante; poder usufruir da companhia repleta de cultura e sensibilidade do casal Zorn foi um privilégio. Lembram do Wolfgang, introvertido, tímido, pouco sociável dos tempos de FMUSP? Hoje, um companheiraço, envolvido com as coisas da 52ª.

O Villa Rossa é excelente em praticamente todos os aspectos: proximidade da capital, atendimento, acomodações, alimentos & bebidas, beleza natural; o única ponto fraco é a topografia, fortes rampas para acessar as alamedas de caminhada, os lagos, as quadras esportivas. Porém, tem uma área plana satisfatória, onde estão restaurante, bar, salas de estar, piscina, etc. Talvez seja, mesmo, a melhor opção.

Leave a reply