terça-feira, junho 25

O Poder da propaganda, Eduardo Berger

1
454

Uma das inúmeras situações inusitadas vividas no PSC…

Digamos que ele não era o mais querido R2 da cirurgia… mas era, sem dúvida, bem conceituado, podia-se prever uma bela carreira para ele. Eu, R1, o admirava e o tinha na minha esfera de amizade.

Estávamos parceiros naquele plantão. Chegou um “pai de família”, aspecto de senhor respeitável Ótima aparência. Doente?! Eu, desconfiado, atendo… -“O senhor está doente”? -“Não, exatamente… é que… não sei como dizer… bem, resolvi fazer uma lavagem interna…e… pois é… puxei a mangueira e… o chuveirinho ficou…”

Encrenca, aí tem…! Encaminho para uma radiografia de abdômen.

Alguns minutos depois, eu e meu R2 estamos na câmara escura, a “chapa ainda no fixador”, alguns segundos mais, a banhamos cuidadosamente em água, a levantamos contra a luz do negatoscópio, e Sérgio Mies exclama de pronto: -“O NOVO LORENZETTI”!! 😂😂

1 comment

  1. Roberto Anania de Paula 30 agosto, 2018 at 10:41 Responder

    Situações inusitadas como esta e outras fizeram parte do nosso tempo. Recomendo um livro em que várias foram retratadas, inclusive muitas que vivemos. Trata-se do livro: “A Estratégia da Lagartixa”, escrita pelo Dr. Dário Vianna Birolini (sobrinho do Professor Dr. Dario Birolini). Vale a pena lê-lo. Vcs vão se identificar em várias delas. Não creio que encontrem em livrarias. Consultem a ” Estante Virtual”. Tem alguns exemplares a venda.

Leave a reply