quarta-feira, fevereiro 28

A grande vitoria do remo na MAC MED, Bonno Van Bellen

2
108

Vocês se lembram que as competições de remo eram no Tietê e a chegada era exatamente de baixo da ponte das Bandeiras, aquela da Av Tiradentes? Os juízes, que eram da Federação de Remo, ficavam na margem do rio do lado do Clube Tietê, que era onde a gente treinava. O Mackenzie treinava do outro lado, no Esperia.
A regata era feita em 5 provas: single skiff, quatro com timoneiro, dois com timoneiro, double skiff e, por fim, o oito com. Esta era a prova mais bonita: é uma embarcação longa, com 8 remadores e um timoneiro. Cada prova valia um ponto e a contagem estava 2 a 2. A decisão seria na prova do oito. Muita tensão. Todos da Med se juntaram debaixo da ponte, na linha de chegada, onde estavam os juízes. Todos do Mac do outro lado. Dado o tiro de largada 1000 metros abaixo, as duas equipem foram evoluindo lado a lado, como no jockey, cabeça com cabeça. Muita gritaria, muito esforço. Na linha de chegada, vitoria para nós. Eu não acreditava. Estava tão perto um do outro mas eu tinha a impressão que havíamos perdido. Mas não, vitória nossa! Ganhamos a prova do Oito e a Medicina ganhou o remo! Júbilo geral!
Vinte anos depois me contam a seguinte historia. Não me lembro exatamente quem foi. Acho que foi o Ivan Fairbanks Barbosa, nosso veterano: “Bonno, eu estava na torcida debaixo da ponte. Todos em torno dos juízes. As duas embarcações vinha lado a lado. Nos últimos 20 metros o Mackenzie deu uma puxada violenta e passou um pouco à frente da gente e passou pela linha de chegada uns 20 cm na frente. O Mackenzie ganhou!!! Mas nossa gritaria, ‘Medicina!Medicina! Ganhamos! Ganhamos’, foi tanta que os juízes se intimidaram e nos deram a vitória. A vitória nos foi dada dessa forma!” Fiquei chocado. Nunca contei essa história a ninguém. Passados tantos anos, acho que dá para absorver e encarar com bom humor Partilho com a Turma!!!

OK: O final dramatizei um pouco…

Na verdade, acho a historia bem engraçada. Só não tinha tido a oportunidade de compartilhá-la. Essa nossa troca de mensagens é formidável1

Estou com o Roberto: decisão de juiz não se discute. Viva a MED !!!

 

 

 

 

 

 

2 comments

  1. admin 22 março, 2018 at 11:51 Responder

    Bonno, bom trabalho, obrigado pela crônica.
    Quanto ao mérito do ocorrido, “o importante é competir”??!! Com as devidas desculpas ao barão de Le Coubertin, O IMPORTANTE É GANHAR!!!
    A MAC-MED É NOSSA!
    A MAC-MED É NOSSA!
    A MAC-MED É NOSSA! (Eduardo Berger – 2017)

  2. Flávio Soares de 23 julho, 2019 at 20:48 Responder

    O Bonno e o Wolfgang eram as estrelas do time da MED , ambos da 52a . Nesta época eu remava um barco de nome yole , uma canoa de competição muito divertida.
    Mas acompanhava de longe o esforço das estrelas .

Leave a reply