quarta-feira, fevereiro 28

Entre o mergulho e a medicina por Decio R. Kerr de Oliveira

1
91
Muito legal são as encruzilhadas da vida – quando nos deparamos com elas, vem a dúvida: qual é o melhor caminho a seguir? Ele me levará ao paraíso ou ao inferno?
Minha opinião é que as nossas escolhas de então, foram as que pensávamos ser as melhores pra gente.
Quando nos formamos eu já era mergulhador autônomo, como nosso amigo Paulinho Szeles, e já tinha livros sobre medicina submarina. Tinha vontade de me especializar nesta área mas teria que ir pros States onde havia hospitais da marinha para especialização.
Consultando minha amada Rose, a senti insegura com a ideia de deixar o Brasil.
Então optei pela ORL, que tinha muita relação com as atividades submarinas e não me arrependo.
E SE EU TIVESSE FEITO DIFERENTE??

1 comment

  1. Decio Kerr Oliveira 27 junho, 2022 at 13:40 Responder

    No sexto ano fizemos estágio como internos em várias clínicas no HC e em todas elas fomos muito bem recebidos pelo professores, assistentes e toda equipe e em todas a experiência foi apaixonante e no fim de cada estágio eu sempre pensava, será nesta que farei minha residência. Numa tarde no plantão do PS Ortopedia tive o prazer de assistir numa pequena tv branco e preto os gringos pisando na Lua, passando pela Nefro fui convidado pelos mestres para fazer minha residência com eles. São lembranças inesquecíveis. Com o diploma na mão ficou a dúvida, e agora?

Leave a reply