quarta-feira, fevereiro 28

YOSHIHIRO IRIYA, o “Silvio”, mensagem recebida de sua filha Akemi (julho de 2017)

2
245

Aqui é a Akemi Iriya.

Sou a filha mais velha do seu colega Yoshihiro, o Sylvio, que pelo que eu me lembro era meio que um vovô da turma, não é?

Ele conseguiu entrar na FMUSP aos 30 anos, após parar de estudar por longo tempo. Quando vocês se formaram eu tinha uns 5 anos e inclusive fui à formatura. Desculpe a demora e ausência…

Meu pai está bem, na medida do possível, depois que minha mãe faleceu em 2014. Em 2015, exatamente um ano após o falecimento de minha mãe, ele sofreu um infarto do qual escapou por pouco. Depois disso sua memória se deteriorou muito. Havia já sinais anteriores de uma demência vascular que se agravou após o infarto. Ele consegue conversar com as pessoas normalmente, mas não consegue mais gravar nada em sua memória, o que o impede de ficar sozinho e exige acompanhamento nas tarefas mais simples do dia a dia. Fisicamente está bem, faz aulas de musculação e até treino de espada com um mestre em artes marciais. Tudo o que um samurai e ex-atleta gosta! Às vezes ainda pesca, mas sempre acompanhado por mim que me tornei sua assistente oficial embora eu não saiba pescar. rs… Eu o vejo praticamente todos os dias. Atualmente ele está morando com suas duas irmãs e, em breve, passará a residir comigo e com uma de minhas irmãs, em esquema de revezamento semanal.

Se quiserem façam contato – O telefone celular é sempre a melhor forma de contato.

Rua Francisco Romeiro Sobrinho, 94 – Vila São Francisco – São Paulo (perto do Shopping Morumbi) tel. 5183 3143

Meu celular – 9 9157 3697- Salette Akemi Iriya

2 comments

  1. Admin 21 março, 2018 at 22:53 Responder

    Acho que por ter tido uma filha assim, já teria valido a pena viver. Parabéns, Akemi. Um grande abraço no seu pai, nosso caro Silvio. (Eduardo Verani)
    ———————————————————————————————————————————
    Parabéns Akemi pela filha que você é. Seu pai com certeza é um homem feliz. Ele podia não ser o mais velho, nem o mais novo, mas com certeza era o mais quieto. Um abraço. (Alzira T Clauzet)
    ———————————————————————————————————————————
    Akemi, parabéns! Você é uma filha que qualquer pai gostaria de ter. Um beijão. (Decio R K Oliveira)
    ———————————————————————————————————————————
    Tá chegando para todos, infelizmente. Parabéns, Akemi. Poucos tem filhos assim (Joel M Franco)

  2. admin 22 março, 2018 at 11:02 Responder

    Queridos amigos, já me considero amiga de cada um de vocês, aproveito para agradecer os abraços enviados pelo whats e por este post também. Quando eu parar de chorar de tanta emoção, o que não estou conseguindo evitar desde o sábado de manhâ, prometo conversar mais com vcs….Gratidão eterna… ❤️ (Akemi Iriya – 2017)

Leave a reply